Canoa Quebrada



Conhecida por seu animado Carnaval, tem casario com azulejos portugueses no centro. O museu Jaguaribano exibe imagens e objetos sacros.  Possui construções históricas do séc. XVIII, época em que a  produção da carne-de-sol movimentava a economia.

Praias:

Canoa Quebrada: cercada por dunas e falésias é movimentada dia  e noite.

Majorlândia: a mais freqüentada por turistas de fim de semana (o carnaval também é bastante animado). Tem faixa de areia larga e extensa, batida por mar de ondas constantes e fortes. Tem pesca de lagosta em alto-mar, durante o período permitido, e produção de artesanato (feito em corda, com vidro e areia colorida), onde surgiram as garrafinhas com areias coloridas. O escultor Toinho da Areia Colorida, pioneiro na técnica, deixou as miniaturas e resolveu esculpir em plena falésia.O resultado são imagens de 7 m a 10 m de altura.

Quixaba: fica isolada entre falésias coloridas. Fica perto de uma vila de pescadores. A faixa de areia clara e fina exibe dunas e coqueiros. Mar de ondas fracas, com recifes, recomendado para  pesca. Acesso a partir da Rodovia Aracati-Majorlândia (6 km).

Lagoa do Mato: é quase selvagem. De águas límpidas e calmas, entre dunas, falésias e coqueiros.

Fontainha: de ondas fortes e areia clara e fofa. Há uma cachoeira e dunas coloridas.

Retiro Grande: reta, com faixa de areia inclinada, por onde correm arroios. Mar com recifes rochosos e ondas fortes. Fica junto a uma vila de pescadores, tem artesanato de corda.

© 2008 Trindade & Gonçalves - Produzido por Conceitual