Guarujá



Durante o verão, ou em feriados prolongados, é comum ocorrer congestionamento nas estradas de acesso e longas filas na balsa para santos.           

Praias:

Praia Branca: cercada por vegetação, tem ondas fortes e areia clara. O acesso é feito por trilha, 15 minutos, e a praia é procurada para surfe. Na mesma trilha pode-se conhecer as ruínas da Ermida de Santo Antônio do Guaibê (séc. XVI).             

Praia Preta: procurada por surfistas por causa das ondas fortes. Tem pequena enseada ainda selvagem, perto de morros. Acesso por trilha, 15 minutos, a partir da Praia Branca ou por barco, a partir do pontão de Bertioga.

Praia do Camburi: com faixa de areia estreita acesso por trilha de 40 minutos.

Praia de Pinheiro: enseada encravada entre morros com pedras nas pontas. Tem faixa de areia clara, fofa e batida. Ondas boas para surfe. Acesso controlado por condomínio ou de barco, a partir da Praia do Perequê e do Pontão de Bertioga, 40 minutos.

Praia de Itaporanga: uma pequena enseada próxima a trecho de Mata Atlântica. Ocupa baía recortada, de águas calmas, faixa de areia fina e uma cachoeira. Acesso fechado por condominio que controla a estrada (3 km). É possível ir a pé, 20 minutos, por dentro do condomínio, ou de barco a partir do Canal de Bertioga, 20 minutos.

Praia de São Pedro: é uma praia de tombo, com arrebentação forte e bem próxima da faixa de areia. Também é ocupada por condomínios que restringem o acesso a partir da Rodovia. Guarujá-Bertioga. O acesso pode ser feito a pé, 20 minutos, por condomínio, ou de barco, 35 minutos, a partir do Canal de Bertioga.

Praia de Perequê: fica junto a um porto de pescadores. Tem areia escura e batida. Há um terminal turístico, no canto esquerdo, para ônibus de excursões. Poluída.

Praia de Pernambuco: muito procurada para esportes náuticos. Tem 1,5 km de areia fina, clara e solta, um mar de ondas de médias a fortes. Ocasionalmente imprópria para banho. Em frente fica a ilha dos Arvoredos.

Praias do Éden e Sorocotuba: prainhas ao lado do Morro do Sorocotuba, que em tupi significa árvore de fruto doce. As árvores cederam lugar a um condomínio, mas a bonita vista panorâmica do Mirante de Santa Fé permaneceu.

Praia da Enseada: pouco mais de 5 km de areia clara e fofa e mar calmo, bom para vela e windsurfe. Urbanizada, a orla tem coqueiros, quiosques de sapé e postos de salva-vidas com sanitários e chuveiros.

Costão das Tartarugas: com muitas marinas, pesca e surfe. Poluída.

Praia das Pitangueiras: de areias escuras e batidas, disputadas pelos banhistas durante a temporada. Perto do Morro do Maluf, no canto esquerdo, as ondas são boas para surfe.

Praia das Astúrias: bem movimentada, fica numa enseada urbana e tem 850m de extensão. A faixa de areia é larga, clara e dura. O mar é calmo. Ocasionalmente poluída.

Praia do Tombo: preferida pelos surfistas. Enseada de areias claras e fofas, com mar poluído, fundo e perigoso para os banhistas. É permitida a pesca de arremesso.

Praia do Bueno: área militar de acesso proibido.

Praia de Guaiúba: semi-urbana. Na entrada, um posto da Associação de Moradores limitada o acesso de veículos à praia. Tem 700 m de areia dura e clara, mar calmo e a proteção de dois costões.

© 2008 Trindade & Gonçalves - Produzido por Conceitual